Software para advogados: 5 passos para escolher o seu

software para advogados
software para advogados

É matemática: quanto mais uma empresa cresce, maior a quantidade de processos, documentos, contratos, clientes e fornecedores com os quais ela deve lidar. Raramente o setor jurídico cresce na mesma proporção. E não deveria mesmo, porque um bom software para advogados deveria cuidar dessa demanda.

Mais que automatizar tarefas e dar agilidade aos times, uma plataforma de gestão jurídica abre espaço para outras tarefas que geram mais valor ao negócio. O que isso significa é que ele pode, então, crescer ainda mais. 

Confira um passo a passo para escolher o melhor software para advogados para sua empresa:

1. Entenda as suas necessidades

Como diria o Gato de Alice no País das Maravilhas: para quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve. Visando entender melhor seu destino e, consequentemente, seu ponto de partida, pergunte-se: o que preciso resolver?

Alguns dos desafios mais comuns seriam:

  • Queda na produtividade da equipe
  • Aumento acelerado de volume de processos ou clientes
  • Tempo perdido em tarefas repetitivas ou excessivamente operacionais
  • Longos ciclos para coleta de informações, alterações, validações e negociações
  • Falta de organização ao armazenar e gerir documentos
  • Pouca visão estratégica sobre o setor jurídico, suas demandas e oportunidades

Com base nas suas necessidades, determine os objetivos a serem alcançados. Vale dizer: é uma boa prática também estabelecer indicadores que possam ser monitorados após a contratação da plataforma e conforme outras mudanças são implementadas.

2. Garanta boa gestão, controle e simplicidade

Chegou a hora de avaliar as funcionalidades dos softwares para advogados que você tem disponíveis. 

Eles provavelmente terão processos automatizados, mas quais? Qual o nível de inteligência na criação e gestão de documentos? Como funcionam os fluxos de trabalho e comunicação da equipe dentro deles? Quais as possibilidades de customização que facilitam a adequação à realidade da sua empresa? O que é necessário para a implementação? Eles permitirão controle sobre todas as demandas do setor?

Se as características da plataforma se encaixam com as necessidades e objetivos que você listou anteriormente, então você tem uma seleção das soluções mais adequadas ao seu negócio.

3. Calcule os benefícios

Tempo e dinheiro estão totalmente conectados na avaliação de benefícios de uma oportunidade. Afinal, tempo é dinheiro. Quando se trata de um software para advogados, a plataforma certa pode economizar os dois.

Por exemplo, com um sistema que permite fluxos de aprovações e alterações mais simples, a Linte reduz, em média, 70% do tempo de negociação de um contrato — o que contribui para uma redução de 80% do custo por contrato.

Portanto, analise ganhos de produtividade em comparação aos gastos e mesmo às oportunidades de novos negócios gerados.

a) Otimização de tempo

Considere o tempo desperdiçado ao gerenciar diferentes minutas de modelos de contratos, ao gerar relatórios sobre as demandas do setor jurídico, ao trocar infinitos emails que vão e voltam com informações soltas, alterações e versões de documentos. 

Uma boa plataforma é capaz de concentrar tudo em um só lugar, estabelecer processos unificados entre setores, facilitar registros, acessos e compartilhamentos—tornando times muito mais eficientes e menos operacionais.

b) Redução de custos

Mais produtividade significa impacto também na compensação dos colaboradores versus o valor que eles geram. O resultado financeiro também pode ser visto, portanto, no uso do tempo que “sobra” para o desenvolvimento de novos negócios.

Além disso, o dinheiro gasto com armazenamento de documentos, certificações e autenticações em cartório, também deve ser considerado na economia em contraponto ao investimento no software.

4. Avalie o atendimento oferecido

Qual é a chance da equipe não dar o suporte que sua empresa precisa em alguma fase, ou da tecnologia sofrer algum imprevisto e você ficar na mão? Se ela não for próxima a zero, melhor ir atrás de outro software jurídico.

Antes de contratar, busque referências. A maior parte das candidatas terá uma lista de clientes em seu portfólio—procure abordar contatos da sua rede que trabalhem em algumas delas ou mesmo envie mensagens em redes como o LinkedIn para quem possa atestar esse relacionamento.

Peça relatos de experiências positivas e também negativas, para entender como o time reage aos momentos de crise e resolução de problemas. Certamente eles ajudarão na tomada de decisão.

5. Priorize e compare

Se mais de uma solução preencheu todos os requisitos até aqui, resta compará-las. Para isso, você precisará priorizar critérios: dentre todos eles, quais são os mais importantes para você? Uma ferramenta fácil de usar? Um custo-benefício mais alto? Mais velocidade? Todas as anteriores? No caso da última alternativa, pode ser que a gente tenha a resposta logo abaixo.

A Linte pode ser o seu software para advogados

A Linte é a plataforma jurídica mais completa para empresas. E completa não quer dizer complexa: apesar das várias funcionalidades, a plataforma é simples e automatiza a criação e gestão de documentos com agilidade.

Ela te ajuda a:

  • Criar documentos rapidamente, sem repetição, erros ou inconsistência de informação
  • Encontrar, acessar e compartilhar seus documentos em um único ambiente
  • Coletar e armazenar dados de forma segura e estruturada
  • Organizar e controlar suas atividades em uma agenda clara
  • Gerar fluxos customizados, com alçadas de aprovação e acesso ao histórico de informações, facilitando a comunicação entre as áreas
  • Acompanhar o ciclo de vida de seus documentos com mais inteligência
  • Gerar insights em relatórios que auxiliam a tomada de decisão

Quer conhecer mais motivos para contratar a Linte, como o software para advogados da sua empresa? Peça uma demonstração e experimente um novo jeito de trabalhar.

Bitnami